Kit Implante Care: Mais cuidado para sua saúde bucal.

Você está cuidando da sua saúde bucal?
Cuidar da saúde bucal é algo fundamental e todos nós já sabemos disso. Entretanto, existem alguns cuidados que precisam de escovas específicas para que o procedimento ocorra com sucesso.

Através de inúmeros estudos e pesquisas no PMP Dr. Veit Philosophy, programa de manutenção periimplantar, desenvolvemos o Kit Dr. Veit Implante Care, exclusivo da linda Dr. Veit Produtos.

Ideal para quem possui implantes
Altamente recomendado, o Kit Implante Care foi feito especialmente para aqueles que já realizaram a reabilitação oral com implantes dentários, além de deixar seus dentes saudáveis por até 6 meses.

Por fim, este produto é Ideal para você que deseja ter um cuidado mais especial com os implantes. Adquira já o seu!

Idade ideal para usar aparelho ortodôntico

É muito comum alguns pais, preocupados com a beleza do sorriso dos filhos, me perguntam a partir de qual idade eles podem usar aparelho ortodôntico. Não existe uma idade exata para isso, mas nós dentistas costumamos aconselhar o uso de aparelhos só depois dos 11 ou 12 anos. Até essa idade as raízes dos dentes não estão totalmente desenvolvidas, então há o risco da mandíbula ou raízes sofrerem alterações com a interferência do aparelho. Além disso, o uso do aparelho só deve ser feito depois da troca de todos os dentes de leite.

Doenças bucais podem influenciar na gravidez e na saúde do bebê

Gengivite e doenças periodontais estão diretamente relacionadas a complicações em outras partes do corpo. Nas mulheres, isso também pode ocorrer durante a gestação e pode Zanotti causar parto prematuro e de baixo peso.

Alguns estudos propõem que as infecções bucais, como a periodontite, podem funcionar como uma fonte de infecção que estimula uma reação inflamatória, que seria uma ameaça ao bebê.

Por outro lado, nesse período, as alterações hormonais podem favorecer o aparecimento da gengivite. Isso ocorre tanto porque os hormônios influenciam na capacidade de defesa do organismo, mas também porque há maior vascularização local e os pequenos vasos sanguíneos da boca se tornam mais frágeis.

Fertilidade

Uma pesquisa da Universidade do Oeste da Austrália mostrou que mulheres com gengivas doentes precisaram de sete meses para conceber, dois meses a mais do prazo considerado normal, de cinco meses.

A vilã, de novo, é a inflamação que pode prejudicar o funcionamento do organismo. “A inflamação da gengiva pode se alastrar no organismo, causar uma infecção no útero e até mesmo no coração. Mas quanto à fertilidade, ainda são poucos os dados que mostram essa relação”, diz a médica Claudia Gomes, especialista em reprodução humana do Grupo Huntington.

Caso o quadro de gengivite seja constatado, com um tratamento no dentista e controle da inflamação, as chances de engravidar voltam ao normal. “Como a pesquisa mostra, não foi uma infertilidade definitiva. A partir do momento que ela tratar, a função volta ao normal. O tratamento consiste numa limpeza bucal, na verificação de outros problemas e no uso de antibióticos”, afirma Claudia.

Fonte: Terra Saúde

Enxaguante bucal com ou sem álcool?

Você já deve ter ouvido falar que alguns enxaguantes bucais têm álcool, mas você sabe qual é o problema disso? O álcool presente na composição de alguns destes produtos pode causar a desidratação e descamação das mucosas bucal. Além disso, ele também afeta as papilas gustativas. Essa descamação contribui Canada Goose Jacka Rea para a formação da saburra lingual, uma massa esbranquiçada que pode causar doenças. Então pode usar um enxaguante bucal, mas quando for escolher, opte por um que não tenha álcool na composição.

Extração dos sisos

Doenças cardiovasculares podem ser ocasionadas pela periodontite

As doenças cardiovasculares afetam o coração e/ou os vasos sanguíneos. Mais de 50 milhões de americanos têm problemas de natureza cardíaca e vascular, fazendo com que, nos Estados Unidos, as doenças cardiovasculares apareçam como a primeira causa de morte e invalidez. Em geral, quando os problemas cardíacos são detectados, a causa subjacente (aterosclerose) já está bastante avançada. Portanto, a prevenção, por meio do controle dos fatores de risco, como uma alimentação saudável e o não-tabagismo, é fundamental.

Pesquisas recentes indicam que a periodontite, acúmulo de placa bacteriana na boca, pode estar associada ao desenvolvimento de doença cardiovascular. Uma explicação para essa associação é que as proteínas inflamatórias e as bactérias presentes no tecido periodontal penetram na corrente sanguínea, causando diversos efeitos no sistema cardiovascular. Um estudo recente examinou a relação entre a presença de bactérias que sabidamente causam periodontite e o espessamento da parede dos vasos sanguíneos comumente observados em doenças cardíacas. Depois de um exame de mais de 650 participantes, os pesquisadores concluíram que o aumento do nível de espessamento da parede dos vasos sanguíneos estava associado à presença das mesmas bactérias conhecidas como causadoras da periodontite.

Vários aspectos de seu estado de saúde devem ser considerados no momento da avaliação da situação do seu periodonto e da elaboração de planos para um tratamento abrangente. No caso de portadores de doença cardiovascular e pessoas com risco de desenvolver essa doença, os fatores críticos a serem considerados são a gravidade e duração da doença, a presença de outras enfermidades – como o diabetes – que afetam a doença cardiovascular e de fatores de risco em relação às doenças periodontais. Seu dentista pode comunicar-se com seu médico para determinar o nível de cuidados, o tratamento e seu bem-estar geral.

A redução da presença de bactérias e a eliminação do biofilme, tanto abaixo como acima da linha da gengiva, são partes importantes da saúde bucal e sistêmica. Essa redução e eliminação podem ser feitas com a tradicional raspagem e nivelamento de raízes, complementando os cuidados tomados em casa, e sempre visitando regularmente o seu dentista. As instruções sobre a higiene bucal são parte importante do tratamento de todos os pacientes, particularmente os de alto risco, como os portadores de doença cardiovascular. O tratamento deve concentrar-se na prevenção de enfermidade periodontal e inflamação bucal. Essa prevenção é essencial para o controle dos problemas bucais associados à doença cardiovascular. E, como sabemos que a ameaça bacteriana é um fator de risco na gengivite, mesmo entre diabéticos saudáveis com bom controle da doença, os pacientes devem ser incentivados a usar fio de dental regularmente e escovar os dentes com um creme dental que oferece proteção antibacteriana.

Fonte: Terra saúde

Devo passar o fio dental antes ou depois da escovação?

Quem nunca se perguntou se deve passar o fio dental antes ou depois da escovação dos dentes? Então, você pode bochechar com água para tirar o excesso de alimentos da boca, mas o correto é passar o fio dental antes de escovar os dentes. O fio dental retira somente as partículas minúsculas de alimentos que ficam presas entre os dentes, mas essas partículas continuam na boca. Por isso é importante que você escove os dentes depois, para que a escovação possa Parajumper Svart terminar a limpeza que o fio dental começou.

Como identificar problemas de visão nas crianças?

O diagnóstico de doenças oculares na infância é muito difícil, pois é preciso que pais e professores observem qualquer queixa da criança. Para evitar que doenças graves se desenvolvam o ideal é realizar a primeira consulta até os três anos de idade e a segunda visita, entre cinco e seis anos.

De acordo com a oftalmologista Erika Silvino Rodrigues, a primeira avaliação é feita logo após o nascimento, o chamado “teste do olhinho”. Com ele, é possível ver se há algum obstáculo ou alguma opacidade que impeça a entrada de luz no olho. O teste do olhinho pode identificar problemas como catarata congênita, cicatriz na córnea e até mesmo tumores.

— Crianças prematuras com peso inferior a 1500g ou que necessitaram de oxigênio após o nascimento e filhos de mães que tiveram problemas de infecção durante a gestação, precisam fazer exame detalhado da retina (mapeamento de retina), pois há risco de comprometimento da Parajumpers Jacka Billigt visão durante a formação — explica a especialista.

Como identificar os problemas nas crianças?

Até os seis meses, é comum o olho da criança tremer esporadicamente, assim como entortar. Isso porque, nessa idade, a criança não tem a musculatura do olho bem desenvolvida.

— No entanto, se o tremor for constante ou olhinho ficar sempre torto, os pais devem procurar um especialista — afirma Erika.

Além disso, dores de cabeça, vermelhidão nos olhos e o ato de franzir a testa podem ser outros sintomas para sinalizar anormalidades na visão de crianças. Ainda de acordo com a oftalmologista, a falta de interesse dos pequenos por algumas atividades pode ser sinal de algum distúrbio visual. Ao detectar esses sintomas, é possível evitar problemas no desempenho escolar da criança.

As soluções mais indicadas

A redução da visão em um dos olhos dificilmente é notada por pais ou professores. Esta precisa ser diagnosticada precocemente para que possa ser feito estímulo na visão fraca.

— Essa estimulação é realizada por meio da oclusão (tampão) do olho saudável, para que a criança force a outra visão, estimulando a área responsável pela formação da imagem.

Entretanto, crianças acima de cinco anos já apresentam a área responsável pela imagem desenvolvida e por isso é preciso consultar um médico antes dessa idade.

Pais e professores devem ficar atentos. Os principais problemas visuais em idade escolar são a miopia, hipermetropia e astigmatismo, conhecidos como erros de refração que podem ser corrigidos com o uso de óculos. Caso o pequeno necessite do uso de óculos, as visitas ao oftalmologista devem ser feitas entre seis e 12 meses, seguindo sempre a orientação médica.

Por que acordamos com mau hálito?

Todo mundo já reparou que quando acordamos pela manhã é comum ter um pouco de mau hálito na boca. Mas você sabe por que isso acontece? Durante a noite, além da produção salivar diminuir, não engolimos a saliva que fica na boca. Isso faz com que as enzimas e bactérias presentes na boca fermentem, aumentando a liberação de odores de Adidas Superstar 80s Primeknit enxofre. O mau hálito matinal também pode ser causado pela digestão dos alimentos durante a noite, por isso o melhor jeito de acabar com ele é tomando o café da manhã saudável e depois uma completa higiene bucal.

Criança usando dentadura?

É quase impossível imaginar uma criança usando dentadura, mas em alguns casos realmente é necessário. Os dentes de leite têm papel fundamental no desenvolvimento da face e da arcada dentária da criança. Mas, algumas vezes, em um trauma ou por conta de uma síndrome, os dentes podem ser perdidos precocemente ou demorarem a nascer. Há também dentes tão comprometidos pela cárie que precisam ser extraídos. São nesses casos que os pequenos precisam da prótese.

“A criança se sente incomodada com a falta do dente. Afinal, muitas delas estão na fase do faz de contas, de se identificar com super-heróis e princesas. E que super-herói ou princesa é banguela? Quem não tem dentes e Parajumpers Jacka Billigt são bem feios, geralmente, são as bruxas e os vilões”, diz o odontopediatra, Gustavo Camilo do Nascimento Costa, do blog Tio Dentista.

Para que a dentadura serve

Mas, além da questão estética, há as funções que os dentes teriam na mastigação, deglutição, fala. Com as próteses, é possível restabelecê-las sem que haja prejuízos, que podem ser até nutricionais.

“Sejam elas parciais (para substituir alguns dentes) ou totais (para substituir todos os dentes), as próteses são o último recurso para restaurar a saúde bucal. E, quando bem feitas, cumprem muito bem o seu papel na boca das crianças”, afirma o dentista.

Perto do dentista

Gustavo Costa alerta para a importância do acompanhamento periódico do dentista. “Temos que levar em conta que ela está em fase de crescimento e que – obviamente – os ossos da face também estão crescendo. Portanto, as próteses não podem interferir e nem prejudicar esse processo”, diz.

Assim, é imprescindível cuidar dos dentes de leite dos pequenos. Dessa forma, as chances de precisarem usar prótese diminuem. “Mas tenham a certeza de que, se necessária for, ela vai trazer de volta um sorriso que ficou perdido por aí”, afirma o odontopediatra.

Fonte: Terra Saúde