Mês Salve o Planeta Azul

Publicado em Curiosidades, Dicas, Dr. Veit Bio, Economizando todo dia, Felicidade, Idéias Sustentáveis, Práticas Saudáveis, Sorriso Social | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Ceia de natal saudável

As festas de fim de ano são um perigo para a alimentação saudável. Geralmente, é nesta época do ano em que as pessoas cometem exageros à mesa – e aí vêm os quilos a mais. Neste natal, que tal fazer diferente e apostar numa ceia mais saudável?

Baseada nos costumes de alimentação dos europeus e dos norte-americanos, a ceia de natal que se tornou tradicional para as famílias brasileiras oferece riscos à saúde por dois motivos principais: primeiro, porque os alimentos são muito calóricos. Depois, porque, nesta época, as pessoas costumam ingerir grandes quantidades de comida – os médicos dizem que, dependendo do banquete, é possível ganhar mais de 2 kg na véspera de natal – sem falar nos desconfortos, como a má-digestão e os reflexos no dia seguinte.

Para quem está procurando um cardápio saudável para a ceia, Golden Goose Deluxe Brand separamos as dicas que valem por um presente de natal:

1- Nozes, castanhas, avelãs e amêndoas são aperitivos naturais que estão sempre presentes nas mesas de natal. Eles têm propriedades que regulam os níveis de colesterol, além de selênio e antioxidantes.  Porém, evite exagerar, já que esses alimentos são bem calóricos. As frutas secas também são aperitivos muito saudáveis: ricas em vitaminas, antioxidantes e outras propriedades responsáveis por melhorar o humor e diminuir a ansiedade.

2- Escolha apenas um tipo de carboidrato para compor o seu prato: geralmente, as opções mais saudáveis são as coloridas. Por isso, que tal fazer um arroz especial, utilizando as castanhas e as frutas secas? Você também pode preparar uma farofa com legumes, fácil e rápida de fazer.

3- O peru é a carne mais saudável para a sua ceia. Por ser mais Barbour Jacka Rea magro, ele é mais indicado do que o chester, o tender ou o pernil, mas todas estas opções têm alto teor de nutrientes, como o ferro e as vitaminas do complexo B. Para reduzir o colesterol da carne, evite consumir a pele da peça.  E, por  último, sirva o peru com frutas leves, pois elas costumam a aliviar a digestão.

4- Se você tem o hábito de beber nas festas de fim de ano, evite os destilados – aposte nos vinhos e espumantes, que são menos calóricos.  A orientação dos especialistas é alternar um copo de água com um copo de bebida. Se você não ingerir bebidas alcoólicas, fica mais fácil criar e experimentar novas bebidas, como sucos e drinques sem álcool preparados com as frutas da época.

Fonte: Ciclo Vivo

Meditação para reduzir o estresse

Meditar está deixando de ser uma prática restrita à turma “zen” para se tornar uma opção para quem quer viver mais e melhor. Até executivos têm buscado a prática para ganhar produtividade.

Há alguns anos, o National Institutes of Health (NIH), agência dos Estados Unidos responsável por pesquisas médicas, reconheceu formalmente a meditação como terapêutica que pode ser associada à medicina convencional. Aqui, o Ministério da Saúde foi pelo mesmo caminho e passou a incentivar postos de saúde e hospitais públicos a oferecer a técnica em todo o país.

Uma das maiores vantagens da atividade é promover o relaxamento físico, mental, emocional e metabólico. Durante a sessão, o organismo consome 17% menos oxigênio, o ritmo cardíaco diminui e as ondas cerebrais alcançam uma frequência lenta e benéfica. Isso significa que o organismo entra em um estado de repouso, baixando a ansiedade e favorecendo o sistema nervoso.

Mais meditação, menos consultas

O cardiologista americano Herbert Benson, pesquisador e fundador-presidente do Instituto Mente/Corpo da Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard (EUA), afirma que 60% das consultas médicas poderiam ser evitadas se as pessoas apenas usassem a mente para combater as tensões causadoras de complicações físicas.

“Relaxando a cabeça e trabalhando melhor a oxigenação do cérebro, tudo melhora”, afirma Ken O’Donnel, australiano radicado no Brasil, diretor para a América do Sul da Brahma Kumaris (organização não-governamental com sede na Índia) e escritor de 15 livros.

A meditação também promove paz interior e abre os canais para que o indivíduo encontre o que há de mais profundo nele próprio, levando ao autoconhecimento. No livro “Transformando a Mente”, o líder espiritual Dalai Lama explica que a prática nos permite ter algum controle sobre pensamentos e emoções. Em vez de ficar correndo atrás disso ou daquilo sem concentrar a atenção, alcançamos a capacidade de voltar a mente para um objeto determinado e focamos nele, de acordo com nossa vontade.

Várias correntes

Basicamente, conta O’Donnel, há três correntes de meditação: a primeira, como a zen, busca esvaziar a cabeça usando exercícios de respiração e outras técnicas para reduzir a atividade mental a zero; a segunda, que inclui a transcendental, ocupa a mente com sons repetidos, imagens ou visualizações; o último grupo, que abarca a “raja” ioga, treina o cérebro para funcionar de maneira mais ordenada e positiva.

“De maneira geral, as três linhas englobam todas as formas que hoje estão aí. A mente é como um campo de futebol: as duas primeiras reduzem ao máximo a atividade neste campo, desestimulando pensamentos, sentimentos, sensações e lembranças; a terceira não objetiva esvaziar ou substituir, mas tornar a compreensão parte do funcionamento normal do cérebro.”

Antes de optar por esta ou aquela corrente, é importante saber o que se busca e, claro, dedicar-se à prática de maneira regular. Isso significa pelo menos duas sessões diárias, de 15 a 20 minutos. Vale lembrar que a transcedental não tem cunho religioso ou espiritual. Basta se sentar (e não precisa ser nem em posição de lótus) e meditar.

Nas diferentes academias de meditação e ioga, você vai encontrar alguns tipos com nomes como Dinâmica, Kundalini, Mandala, Vipassana – vale experimentar para ver qual tem mais a ver com você.
“A meditação tem como objetivo o estado de união com algo maior”, acredita Paulo Sérgio Oliveirah, pós-graduado em Psicologia Transpessoal, consultor e psicoterapeuta, professor de “hatha”, “raja” ioga e iogaterapia.

Para Ken O’Donnel, aprendemos a pensar menos e melhor com a prática. “A mente aberta passa a ter intuições com mais frequência. O poder de concentração e de compreensão igualmente aumentam, e a vida flui naturalmente. Na hora das decisões importantes, há clareza sobre o que fazer. Os relacionamentos são beneficiados; não se despeja muita expectativa e cobrança sobre o outro. A despreocupação – não o descuido – cresce junto com a autoconfiança. Tudo isso traz bem-estar e qualidade de vida.”

O’Donnel diz que são quatro os níveis de estresse: no primeiro, há uma ansiedade leve, e muitos o consideram algo saudável, pois torna a pessoa motivada (para, por exemplo, correr atrás de uma promoção no trabalho); no segundo, o nervosismo é contínuo e há queixas de sobrecarga e angústia frequentes; no terceiro, o estresse crônico traz resultados negativos e explícitos, como irritabilidade e manifestações somáticas (dor de cabeça relacionada à tensão); já no quarto nível, o indivíduo se sente exausto o tempo todo, tanto física como emocionalmente, perdendo o sentido de autorrealização e ganhando sintomas graves que requerem ajuda médica.

“A meditação ameniza o estresse em todos os patamares por dois motivos: cria mais resistência e resiliência, especialmente em situações adversas e diante de pessoas com personalidades difíceis; e auxilia na compreensão do que está acontecendo à volta, reduzindo o peso das situações”, analisa O’Donnel.

Fonte: UOL

Os principais componentes para ter na alimentação.

Ter uma alimentação saudável e balanceada é importante não só para a saúde da sua boca, mas também de todo o seu corpo. Se formos analisar especificamente a saúde oral, dois itens não podem faltar na sua dieta. O cálcio é o responsável por deixar seus dentes mais fortes. Já a vitamina C atua no desenvolvimento e fortalecimento da sua gengiva.

O sorriso na adolescência

Todos sabem que na adolescência a aparência conta muito. E uma das coisas mais importantes é ter um sorriso lindo e encantador. Tanto para meninos como para meninas.

Então damos algumas dicas para vocês, adolescentes, que querem se sentir bem consigo mesmos:

  • Escovar os dentes no mínimo três vezes ao dia usando um creme dental com flúor, para remover a placa bacteriana, que é a principal causa da gengivite e das cáries.
  • Usar fio dental diariamente para remover a placa bacteriana instalada entre os dentes e sob a linha da gengiva. Se a placa não for retirada diariamente, pode endurecer e formar o tártaro, uma substância amarelada e de aparência desagradável.
  • Limitar a ingestão de açúcar e alimentos que contém amido, principalmente os pegajosos (que grudam na superfície dos dentes).
  • Consultar o dentista periodicamente para um exame profissional detalhado e uma limpeza ou profilaxia.

E aí, curtiu? Então vamos seguir as dicas para um sorriso lindo e saudável.

Revitalização das margens dos rios

E ai pessoal, tudo azul?

Todos nós sabemos de como as grandes cidades que margeiam rios ficam, quando começa a temporada de chuvas, não Parajumpers Jacka Billigt é mesmo?

Algumas grandes cidades que sofrem com esses problemas começaram a revitalizar as margens dos rios, replantando a cobertura vegetal. É o caso de Singapura, que restaurou cerca de 2,7 quilômetros do rio Kallang, que passava por um canal de concreto, mostrando que é possível ter menos inundações, mais refrigeração natural e oportunidades de recreação na cidade.

A revitalização do rio durou três anos e foi concluída em 2012, com 62 hectares reabertos aos moradores de Singapura.

O parque linear do Kallang inclui um playground aquático e um jardim comunitário. As plantas – que não são cultivadas com produtos químicos – ajudam a manter a qualidade da água e acabaram atraindo animais selvagens para a região.

Agora, imagine se isso acontecesse aqui no Brasil? Ainda é utópico, mas já existe um projeto para tentar replantar áreas verdes nas margens do rio Tietê. Enquanto alguma solução não é tomada, os problemas continuarão a existir e a se agravar.

Alimentação: os cuidados que devemos tomar com a nossa saúde bucal.

Hoje vamos falar de formas de prevenir alguns probleminhas que possam vir ocorrer, caso não tenham o devido cuidado. Porém, não há motivos para se desesperar e sair cortando tudo do cardápio. Com moderação é permitido comer e beber de tudo.

Desde criança aprendemos que a escovação dos dentes é fundamental para garantir a saúde bucal. Porém, a alimentação também é muito importante para manter um sorriso saudável. Alimentos ácidos, como a laranja, os refrigerantes e o suco de limão podem provocar uma doença conhecida como erosão ácida.

No entanto, não há motivos para se desesperar e sair cortando tudo do cardápio. Com moderação é permitido comer e beber de tudo sem afetar o sorriso. Contra o problema, existem os alimentos protetores, como o leite.

O que é a erosão ácida?

Erosão ácida é a perda da estrutura saudável do elemento dentário. Existem dois tipos de erosão ácida. A erosão extrínseca, causada pela ingestão em excesso de alimentos ácidos e a erosão ácida intrínseca, em que o ácido gástrico entra em contato com os dentes por vômito recorrente, regurgitação ou refluxo.

É uma doença grave?

Sim, porque é uma doença crônica e inicialmente indolor, sem sintomas. Mas com o passar do tempo os dentes têm que ser restaurados com resina ou próteses para se repor a estrutura perdida. Em alguns casos tem que ser feito inclusive tratamento de canal, para tratar a perda de vitalidade pulpar, ou seja, tratar a polpa do dente. É comum chamar a polpa de nervo, e possui veias e artérias, além de fibras nervosas. Ela é responsável pela nutrição do dente durante toda a vida.

Quais são os sintomas?

Os sintomas aparecem no estágio mais avançado da doença. Ocorrem desgastes do esmalte em regiões específicas da arcada dentária, perda do brilho natural do dente, sensibilidade dentária, perda da vitalidade pulpar, desadaptações de restaurações anteriores à erosão e exposição pulpar.

Pode atingir crianças e adultos?

O problema é muito raro em crianças, atingindo mais os adultos com hábitos alimentares da vida moderna, como ingestão de bebida alcóolica em excesso (espumantes, vinho branco, refrigerantes).

Algum alimento ajuda a proteger o dente desse problema?

Sim, o leite e o queijo branco protegem os dentes.

Quais alimentos devem ser evitados em excesso?

Bebidas alcoólicas, como espumantes, vinho branco, sucos de fruta frescas ácidas (limão, abacaxi, laranja) em excesso, conservas à base de vinagre, e refrigerantes à base de cola, principalmente.

Todo refrigerante é maléfico ou depende do sabor?

Todos os refrigerantes ingeridos em excesso são maléficos, mas os à base de cola são mais agressivos.

Em que quantidade é possível comer alimentos que fazem mal aos dentes sem grandes prejuízos, porque para algumas pessoas é difícil parar de tomar vinho, por exemplo?

O consumo de todos os alimentos é permitido. O que deve ser evitado é o exagero e a alta frequência. Já os pacientes que estão na fase de doença ativa, devem evitar esses alimentos por toda a vida.

Muito se fala na contribuição da maçã na limpeza dos dentes, mas ela pode provocar essa doença?

Sim, a maçã é um alimento ácido e em excesso também pode provocar a doença.

Prevenção

– Evite escovar os dentes imediatamente após consumir alimentos ou bebidas ácidas, porque é neste momento que o esmalte está mais vulnerável ao ataque da abrasividade das pastas e ao trauma das cerdas da escova

– Não bocheche, nem retenha refrigerantes ou bebidas ácidas por tempo prolongado na boca. Ao consumi-las, é aconselhado o uso de canudinhos.

– Escove os dentes de modo suave e com uma escova macia.

– Use creme dental com a abrasividade baixa e que contenha flúor

– Vá ao dentista regularmente

Alimentos inimigos dos dentes:

– Café

– Laranja

– Vinho tinto

– Vinho branco (foto)

– Espumante

– Refrigerantes (principalmente à base de cola)

– Suco de limão

– Maionese

– Vinagre

– Tomate

– Uva

– Maçã

E ai, gostaram? Espero que tenha sido útil a vocês. Nossa maior preocupação é com a sua saúde e higiene oral.

Paz para todos e um dia muito azul!

COMO E PORQUE FAZER SEU FILHO LER

Pesquisas d Duvetica Jacka Dam o mundo todo mostram que a criança que lê e tem contato com a literatura desde cedo, principalmente se for com o acompanhamento dos pais, é beneficiada em diversos sentidos: ela aprende melhor, pronuncia melhor as palavras e se comunica melhor de forma geral.

É Por meio da leitura, a criança desenvolve a criatividade, a imaginação e adquire cultura, conhecimentos e valores.

A leitura freqüente ajuda a criar familiaridade com o mundo da escrita. A proximidade com o mundo da escrita, por sua vez, facilita a alfabetização e ajuda em todas as disciplinas, já que o principal suporte para o aprendizado na escola é o livro didático. Ler também é importante porque ajuda a fixar a grafia correta das palavras.

Quem é acostumado à leitura desde pequeno se torna muito mais preparado para os estudos, para o trabalho e para a vida. Isso quer dizer que o contato com os livros pode mudar o futuro dos seus filhos.

Parece exagero?

Nos Estados Unidos, por exemplo, a Fundação Nacional de Leitura Infantil garante que, para a criança de 0 a 5 anos, cada ano ouvindo historinhas e folheando livros equivale a 50 mil dólares a mais na sua futura renda.

Então, que tal estimularmos mais nossos filhos a embarcar na aventura que só o bom leitor conhece?

Os 10 hábitos para ter uma vida saudável

1- Alimente-se bem

Inclua na sua dieta uma porção de frutas, verduras e fibras como a linhaça ou aveia. Equilibre as quantidades de proteínas e carboidratos, assim como as gorduras e açúcares. Evite comer muita fritura e doces, além de pratos congelados com muito sódio.  Inclua também vitaminas para o bom funcionamento do organismo.

2- Mexa-se!

Se você ainda não tem o hábito de praticar exercícios regularmente, inclua caminhadas ainda que por alguns minutos por dia; qualquer exercício é melhor do que não fazer exercícios. Exercícios físicos ativam a circulação, revigoram o corpo e fornecem energia. Está provado que o sedentarismo é um vilão para o corpo e a mente.

3- Beba água

A ingestão de água deve ser dividida ao longo do dia e não em grandes volumes de uma vez só. A água é fundamental para o bom funcionamento de nosso organismo.

A quantidade recomendada é de 1 litro e meio a dois litros. Evite bebidas açucaradas.

4- Evite o estresse

Hoje em dia o estresse é apontado como um dos grandes causadores de doenças. O estresse é uma alteração do organismo em resposta a estímulos internos ou externos.

Faça exercícios de respiração, relaxamento e meditação.

5- Divirta-se!

Ter amigos é muito saudável — uma boa conversa faz milagres para nossa saúde! Ouça música, dance e viaje mais. Mude a rotina e esqueça os problemas e o trabalho.

Dê mais risadas. Está comprovado que o sorriso é uma excelente terapia contra o estresse e a ansiedade.

6- Descanse quando necessário

Tenha algum tempo para descansar. Seu corpo necessita de um período de 6 a 8 horas para se recuperar das atividades diárias. Uma boa noite de sono repõe todas as energias.

A falta de sono está vinculada ao prejuízo do corpo e da mente.

7- Cuide da sua postura

Procure adotar uma posição adequada no escritório. As cadeiras incômodas podem fazer com que você termine em uma visita ao ortopedista.

Disponibilize alguns momentos para esticar os músculos durante a sua jornada laboral. Os alongamentos ajudam a evitar dores nas costas, ombros, braços, pescoço e cabeça.

8- Levante sua auto estima

Essa é especialmente para as mulheres. Cuide da saúde e do corpo, faça hidratação na pele, corpo e cabelo, vá ao salão de beleza, faça massagens, pinte as unhas, compre uma roupa nova… Não descuide de seu aspecto visual, ainda que você não esteja se sentindo bem. Sentir-se agradável com relação aos outros aumenta a produção de endorfinas, o hormônio responsável, em boa parte, para que as pessoas se sintam felizes.

9- Use protetor solar

Os benefícios em longo prazo do uso de filtro solar estão provados e comprovados pela ciência. Usar filtro todos os dias evita câncer de pele e o envelhecimento precoce.

Se a exposição ao sol é pouca basta usar o FPS 15, mas se for alta, use ao menos o fator 30.

10- Esqueça o álcool e o tabaco

Tanto o cigarro quanto o álcool prejudicam o desempenho do corpo para quaisquer atividades. O consumo de qualquer droga pode levar a outra, e a droga mais relacionada ao tabagismo é o álcool.

E quando o tabagismo está associado ao álcool, o consumo de cigarro tende a triplicar — o que pode precocemente causar doenças graves.

A política da felicidade

Garantir a felicidade do povo sempre foi uma das obrigações do governo. Porém o que Golden Goose Deluxe Brand vemos mais, é a busca pelo aumento da renda do povo no lugar do aumento da felicidade.

É claro que medir felicidade é muito mais difícil do que medir renda. Porém algumas medidas poderiam ser tomadas para melhorar os índices de felicidade da população.

Em 2010, um finlandês chamado Demos, lançou um manifesto batizado de “A Política da Felicidade”, propondo que os governos coloquem a busca pela felicidade no centro de sua agenda, no lugar onde até outro dia ficava a economia.

O Brasil não é a Finlândia, óbvio. Em países como o nosso, a felicidade aumenta sim, quando a renda.

O texto parte de constatações científicas muito bem fundamentadas sobre a natureza da felicidade para fazer recomendações concretas de política pública. Por exemplo:

– criar um “fundo nacional de tempo”, que daria feriados às pessoas que doassem trabalho cívico (tanto feriados quanto trabalho cívico tende a aumentar a realização pessoal).

– criar uma cultura de “design criativo” de espaços públicos. Prédios públicos têm que ser engraçados, surpreendentes, estimulantes e abertos para o uso de toda a população.

– gradualmente extinguir os exércitos e, no lugar deles, criar uma espécie de “acampamento cívico” aberto a todos os cidadãos.

– priorizar o trabalho coletivo na educação. Hoje, todo o sistema de educação é baseado no indivíduo e não incentiva nem ensina o trabalho coletivo, que aumenta os níveis de felicidade.

– proibir carros onde há crianças.

– aumentar impostos sobre espaço não utilizado. Criar incentivos financeiros para quem compartilha espaço.

Não é legal?

A Dr. Veit Produtos apóia essa idéia!