Dia Internacional da Água e a luta contra o desperdício

N o último dia 22 de março, foi celebrado o Dia Internacional da Água, e nós devemos fazer nossa parte para manter este bem indispensável para nossa existência. Ao redor do mundo muitas pessoas já buscaram soluções para evitar o desperdício, algumas podem até ser inusitadas, mas todas são bem intencionadas e despertam a nossa atenção.
Confira algumas delas e inspire-se:

• Uma máquina de lavar dentro do banheiro. A água desperdiçada quando lavamos roupa é reutilizada no vaso sanitário mais tarde. Um conceito sustentável de dispositivo de água.

• O “Filterbrella” é um guarda chuva inovador e sustentável, com cobertura de plástico e um filtro de carvão oco em seu cabo. O cabo recebe a água das chuvas, que é purificada pelo carvão ativado. A água flui em uma garrafa ligada ao punho do Filterbrella, produzindo água potável enquanto você está caminhando.

• Uma pia de cozinha que armazena a água que iria para o esgoto e poupa 80% da água. Assim, essa água suja pode ser reutilizada para regar plantas caso não tenha sido misturada com detergente. Se houver mistura, ela pode ser usada para lavar carros, por exemplo.

Quem sabe alguma delas se torne realidade e contribua com a diminuição do desperdício de água. Todos nós deveríamos pensar sobre o assunto. Mesmo que sua ideia não pareça tão viável, você deve levá-la à frente. O planeta agradece.

10 maneiras de reduzir o consumo de água em casa

O Estado de São Paulo está enfrentando a maior estiagem de todos os tempos, algo inédito para o verão. Diante da situação crítica a Sabesp, Companhia de Abastecimento de Água de São Paulo, lançou no último sábado um programa de incentivo à redução de consumo de água.

Se a população reduzir em pelo menos 20% seu consumo de água, a empresa promete dar 30% de desconto na conta.

Para ajudar a população a alcançar a meta de redução no consumo de pelo menos 20%, a Sabesp recomenda as seguintes medidas que deverão ser levadas para a vida, não somente dos moradores de São Paulo, mas também para o o resto do mundo :

-Tome banhos curtos e feche o registro ao passar sabonete e xampu; Banho com aquecedor por 15 minutos, por exemplo, consome 135 litros de água em uma casa. Com o registro fechado no ensaboamento e uma duração de 5 minutos, o consumo cai para 45 litros.

-Não lave a calçada com mangueira. Use a vassoura para limpar o local. Se a lavagem dura 15 minutos e a mangueira fica aberta, o gasto pode chegar a 280 litros.

-Não lave o carro com a mangueira; use um balde. Se a lavagem dura 30 minutos e a mangueira fica aberta, o gasto pode chegar a 560 litros. Com o balde, cai para 40 litros.

-Antes de lavar a louça, retire e excesso de comida com a esponja, sem usar água; deixe a torneira fechada ao ensaboar. O consumo pode cair de 240 litros para 20 litros.

-Acumule as roupas para utilizar a máquina de lavar na capacidade máxima. Faça o mesmo com a louça.

-Deixe a torneira fechada enquanto escova os dentes ou faz a barba.

-Muita atenção com vazamentos dentro do imóvel; corrija-os o mais rápido possível.

-Molhe as plantas à noite e prefira um regador à mangueira, que pode gastar até 190 litros em 10 minutos.

-A água das piscinas montadas para as crianças também pode ser mais bem aproveitada: depois do mergulho, use a água para lavar o quintal, por exemplo.

-Reutilize sempre que possível a água usada na lavagem de roupas. Limpar o quintal, ou o chão com ela é uma boa opção, visto que até o sabão já está presente nesta água.

Fonte: Ciclo Vivo Redação Dr. Veit

DENTISTA AZUL E A SUTENTABILIDADE

Não é todo dia que a gente consegue uma matéria de capa na associação brasileira de odontologia, resultado de muito trabalho duro e dedicação de toda a equipe que fez parte destes projetos. E queremos que cada vez mais a palavra sustentabilidade esteja presente no vocabulário das pessoas, não só no vocabulário, mas também nas atitudes. Lembre-se sempre, pequenas ações fazem o mundo girar, e fazem a diferença para um futuro melhor!

Ao longo de algum tempo estaremos divulgando mais informações sobre o projeto Dentista Azul, procurando dar dicas sustentáveis em nossas redes sociais para conscientizar cada vez mais as pessoas da importância da preservação do nosso meio ambiente, e quando dizemos meio ambiente, não significa apenas os nossos rios, as nossas florestas, mas também em nossa sociedade como um todo. Confira abaixo a matéria na íntegra:

Alimentação saudável pode reduzir risco de parto prematuro

Uma dieta baseada em frutas e vegetais, produtos integrais e alguns tipos de peixe parece reduzir o risco de parto prematuro. Esta é a conclusão de um estudo norueguês que acompanhou 66 mil grávidas e foi publicado no British Medical Journal.

No estudo, conduzido por pesquisadores da University of Gothenburg e do Instituto Norueguês de Saúde Pública, as participantes preencheram um questionário cientificamente avaliado sobre o que estava comendo e bebendo desde a descoberta da gravidez.

Os pesquisadores também tiveram acesso a informações sobre estilo de vida geral das voluntárias, seu nível de instrução, condições de vida, renda, peso, atividade física, tabagismo, consumo de álcool, número de filhos e fatores clínicos como histórico de parto prematuro na família.

Os resultados mostraram que o grupo de mulheres que mantinha uma dieta mais saudável teve um risco aproximadamente 15% menor de enfrentar um parto prematuro em comparação com aquelas que não possuíam hábitos tão regrados. A correlação se manteve após o controle de dez outros fatores de risco conhecidos para o parto prematuro.

— As mulheres têm muitas razões para escolher uma dieta saudável, com muitos vegetais, frutas, grãos integrais e alguns tipos de peixe, mas esta é a primeira vez que é possível vincular estatisticamente hábitos alimentares saudáveis com a redução do risco de parto prematuro— diz a autora Linda Englund-Ögge.

O parto prematuro, definido como espontâneo ou induzido antes do final da trigésima sétima semana gestacional, pode estar associado a complicações agudas e de longo prazo e é um grande problema no que diz respeito à assistência à maternidade moderna. Portanto, medidas para preveni-lo são de alta prioridade.

— Não é considerado prejudicial ingerir algo que não seja tão saudável ocasionalmente. Mas nosso estudo mostra que as recomendações dietéticas dadas pelos médicos às grávidas são importantes e devem ser seguidas— explica a cientista.

De forma geral, estudos sobre alimentação e dietas são muito complexos de serem realizados. Qualquer alimento contem uma grande variedade de substâncias, e é quase sempre consumido em conjunto com outros. Isso torna mais difícil descobrir os efeitos específicos de um único alimento.

Linda afirma que pesquisas sobre o padrão alimentar global e a qualidade total dos alimentos consumidos são complementos importantes para compreender como esses itens influenciam individualmente o risco de parto prematuro. Os pesquisadores esperam que o trabalho inspire e incentive hábitos alimentares saudáveis.

Como escovar os dentes com aparelho?

Quem usa aparelho ortodôntico deve redobrar a atenção para higienizar os seus dentes. Algumas pessoas nem sabem como. O legal é que hoje em dia temos escovas ortodônticas especiais, passa-fio e até irrigadores orais. Se sentir dificuldades, peça ajuda ao seu ortodontista.

Hora do Planeta acontece no fim de março, apague as luzes e participe

Neste mês acontece a sexta edição da Hora do Planeta no Brasil. No dia 29 de março todas as pessoas que querem demonstrar o seu engajamento com as causas ambientais e combate ao aquecimento global devem desligar as luzes entre 20h30 e 21h30.

A ONG , responsável pelo projeto, preparou uma campanha de divulgação que conta com uma série de vídeos divertidos para incentivar o engajamento de mais pessoas no movimento. A agência responsável pela criação é a Grey Brasil e a personagem principal é ovadministrador de um Farol, que infelizmente não poderá apagar as luzes durante o evento.

A série conta com seis vídeos curtos, de 60 segundos, que mostram todo o esforço do “Homem do Farol” em encontrar uma maneira de se juntar à Hora do Planeta. Mesmo que não possa apagar as luzes, ele tenta oferecer a sua retribuição ao mundo através de outros cuidados.

“Os esforços empreendidos pelo Homem do Farol para diminuir a sua pegada ecológica são um símbolo de que todos nós temos o poder para contribuir com a conservação do planeta. Ele é o primeiro embaixador brasileiro da Hora do Planeta”, explica a superintendente de Comunicação, Marketing e Engajamento do WWF Brasil, Renata A. Soares.

Assista ao vídeo abaixo e conheça o Homem do Farol:

Alimentação saudável para a saúde bucal

Ter uma alimentação saudável e balanceada é importante não só para a saúde da sua boca, mas também de todo o seu corpo. Se formos analisar especificamente a saúde oral, dois itens não podem faltar na sua dieta. O cálcio para deixar seus dentes mais fortes e a vitamina C, que atua nas defesas do organismo, protegendo a sua gengiva.

Sorriso do bebê é sinônimo de conforto

A primeira vez que o bebê sorri é motivo de festa para os pais, mas muito se fala sobre essa expressão ser apenas um espasmo. Pesquisas recentes contra Parajumpers Long Bear Outlet diz em essa crença e estudam como o sorriso pode estar ligado ao desenvolvimento do bebê.

Em Londres, um pesquisador coletou quase 700 questionários e concluiu que os bebês sorriem em resposta a sensações prazerosas já a partir de um mês de idade. Entre dois e quatro meses, esses sorrisos já demonstram interação com os pais.

“Quando o bebê é bem novinho e sorri, ele demonstra que está sem fome, sem dor, sem calor, nem frio, ou seja, está absolutamente confortável”, diz a psicoterapeuta Miriam Barros.

Desenvolvimento

O sorriso e o contato visual são indícios de que a capacidade cognitiva da criança é boa. Segundo o Projeto Baby Laughter (risada de bebê), brincadeiras de esconder representam o aprendizado de que algo continua a existir mesmo quando você deixa de vê-lo. Como os bebês não sabem disso, e pensam que a pessoa desapareceu, o truque tem risada garantida. Quando um pouco mais velhas, a diversão fica por conta de esperar o adulto reaparecer.

A partir daí, é uma via de mão dupla, em que o riso da criança provoca o riso dos pais e a interação fica instalada. “As mães devem estimular o filho. É só colocar emoção no tom de voz, na expressão do rosto. É preciso tentar compreendê-lo e conversar com ele. Mesmo que ainda não entenda as palavras, o bebê capta o clima emocional que estão passando”, afirma Miriam.

Falta de exercícios e solidão são fatores que podem prejudicar a saúde

Praticar exercícios regularmente e evitar viver sozinho permite viver mais e melhor,garantem pesquisadores americanos. “Sentir-se extremamente sozinho pode aumentar em 14% o risco de morte precoce em uma pessoa idosa. O impacto é tão nefasto quanto o fato de ser socialmente desfavorecido”, diz John Cacioppo, professor de Psicologia na Universidade de Chicago , citando uma análise de vários estudos científicos publicada em 2010.

Esses trabalhos, feitos com base em uma pesquisa com 20 mil pessoas, revelam que a sensação de solidão profunda está acompanhada de perturbações do sono, hipertensão arterial, alteração do sistema imunológico e um aumento dos estados depressivos. A decisão de muitos aposentados americanos de se mudar para a Flórida (sudeste), onde o custo de vida é mais baixo, e viver “em um clima mais benigno, mas em um meio desconhecido, não é necessariamente uma boa ideia, se isto significa se afastar das pessoas às quais se está ligado afetivamente”, adverte o psicólogo, que apresentou neste domingo seus trabalhos durante conferência anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência, celebrada em Chicago (Illinois).

Com frequência, a solidão é acompanhada de vida sedentária, um fator que contribui para debilitar a saúde, acrescenta. O exercício, mesmo que seja caminhar regularmente com algum ritmo, pode diminuir pela metade os riscos de doenças cardiovasculares e de desenvolver Mal de Alzheimer. A atividade física também detém o envelhecimento normal do cérebro em pessoas idosas, explicou à AFP durante a conferência Kirk Erickson, professor de Psicologia da Universidade de Pittsburgh (Pensilvânia, leste).

Com a idade, o cérebro diminui e a atividade física permite melhorar o funcionamento geral e aumentar o volume do hipocampo em 2%, retardando, com isso, o envelhecimento, afirma Erickson, baseando-se principalmente em um estudo feito com 120 pessoas de 65 anos ou mais.

Fonte: AFP / Saúde Terra