Os principais componentes para ter na alimentação.

Ter uma alimentação saudável e balanceada é importante não só para a saúde da sua boca, mas também de todo o seu corpo. Se formos analisar especificamente a saúde oral, dois itens não podem faltar na sua dieta. O cálcio é o responsável por deixar seus dentes mais fortes. Já a vitamina C atua no desenvolvimento e fortalecimento da sua gengiva.

Quando trocar a escova dental?

Quando trocar a escova dental?

Troque sua escova de dentes a cada dois ou três meses ou quando perceber que as cerdas começam a Argentina Kits 2018 ficar desgastadas. Se sua escova for de qualidade e ficar com as cerdas esgarçadas antes disso, atenção, pode estar exagerando na força.

Quanto tempo deve durar a escovação?

Poucas pessoas escovam os dentes pelo tempo mínimo de três minutos. Essa é a duração suficiente para que você dedique 30 segundos a cada quadrante da sua boca. Não se esqueça de escovar por dentro, por fora e também as bochechas e língua.

Gramacho se transforma no primeiro polo de reciclagem do Brasil

Catadores do antigo lixão de Gramacho, em Duque de Caxias (RJ), poderão contar com o primeiro polo de reciclagem de lixo do Brasil, inaugurado na última sexta (22). Na primeira etapa do projeto, cerca de 140 catadores terão à disposição dois galpões voltados para o recebimento, triagem, enfardamento e estocagem de resíduos para venda.

Ao final desta fase, prevista para o dezembro, a Secretaria Estadual do Ambiente vai entregar os projetos executivos do polo aos parceiros financiadores. Os relatórios vão conter os respectivos custos previstos, que indicarão a construção de mais seis galpões.

Com isso, o espaço onde funcionava o lixão terá, no total, oito galpões com maquinário, duas unidades de processamento de resíduos, além de um centro administrativo para cursos de qualificação profissional e uma creche. A ideia é absorver 400 ex-catadores, promovendo a inclusão socioprodutiva.

De acordo com ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, que esteve na inauguração, o Rio é um símbolo que vai inspirar outros estados a iniciarem projetos direcionados para ações sustentáveis. “Nós encontramos uma forma adequada e fecunda que deu certo, juntando a capacidade de organização e luta dos catadores pela cidadania, com o apoio de entidades sociais e a sensibilidade dos governos municipal e estadual, que estimularam a criação desse projeto. Gente que era tida como à margem da sociedade consegue, com essa luta, dar um salto que reafirma sua condição humana e se tornam agentes econômicos importantes”, discursou Carvalho.

O secretário do Ambiente do RJ, Carlos Minc, disse que a intenção do governo é ampliar a iniciativa de reciclagem. “Nós estamos em contato com a UFRJ, para que eles possam nos apoiar nessa iniciativa, nos dando resíduos para que os catadores aqui possam reciclá-lo”, comenta. Segundo ele, o governo pretende implantar uma medida para que as cooperativas não esperem meses até conseguir tirar uma licença ambiental. Também haverá um trabalho de conscientização das grandes empresas.

Situado às margens da Baia de Guanabara, em Duque de Caxias, o Aterro Metropolitano de Jardim Gramacho, criado em 1976, era o maior lixão a céu aberto da América Latina, e recebia diariamente cerca de 11 mil toneladas de resíduos vindos do município do Rio.

A atividade de catação no local, que chegou a recuperar mais de 200 toneladas por dia de resíduos recicláveis e reaproveitáveis, movimenta, no seu entorno, uma economia que dava sustento a mais de 15 mil pessoas.

Com o fechamento do aterro, em 2012, os catadores organizados em cooperativa e em uma associação, assumiram a responsabilidade de dar continuidade na atividade de catação e propuseram ao governo federal e estadual a criação do polo.

O lixo da capital que era levado para Gramacho passou a ser transportado à Central de Tratamento de Resíduos do Município de Seropédica. Em parceria com a Petrobras, com o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social e a Fundação Banco do Brasil, o polo de reciclagem de Gramacho conta com investimento de R$ 12 milhões. A Refinaria Duque de Caxias (Reduc) está disponibilizando resíduos sólidos para que os catadores possam desenvolver os trabalhos iniciais.

Melhores cidades para o uso de bikes

Apesar de ter crescido o incentivo para o Parajumpers Right Hand Herr uso de bikes nas capitais brasileiras, em especial São Paulo e Rio de Janeiro, elas ainda estão longe de ser as que mais estimulam os moradores a utilizarem o transporte alternativo.

O site norte-americano Green Diary listou cinco cidades mais bike friendly do mundo.

Amsterdã

Amsterdã é conhecida por ser uma das cidades com melhor infraestrutura para bicicletas. A relação dos cidadãos com este tipo de transporte é bem diferente do Brasil. As ruas desta cidade são estreitas e há poucas vagas nos estacionamentos, por isso a melhor opção é usar bike para se locomover.

Berlim

Em Berlim, na Alemanha, a prática de andar de bicicleta é muito comum. Elas são usadas por pessoas de todas as idades e não só para passeio. Até mesmo hospitais possuem estacionamento para as bikes. Devido às intervenções do Senado, que buscava aumentar para 15% o uso de bicicletas como meio de transporte, o número de usuários aumentou bastante.

Nos últimos anos, intensificou-se o desenvolvimento de infraestrutura de ciclovias, que foram duplicadas e 40 estações de bicicletas já foram feitas.

Barcelona

Barcelona, na Espanha, tem um grave problema no engarrafamento. Por causa disso, o governo optou por fazer alterações para tornar a cidade mais amiga das bikes e desafogar o trânsito. A Câmara Municipal implantou um programa de empréstimo de bicicletas disponível apenas para moradores de Barcelona.

Oregon

O estado do Oregon é localizada em uma região montanhosa dos Estados Unidos. Atrai muitos turistas e ciclistas por suas belezas naturais. Abriga muitas florestas, montanhas e rios. Lá, andar de bicicleta é muito popular, tanto que há diversas organizações relacionadas ao ciclismo.

Munique

Munique possui nada menos que 22 mil vagas de estacionamento e 1.200 quilômetros de ciclovias. Até o prefeito da cidade usa bicicleta para trabalhar. Os turistas que passeiam pela cidade também são aconselhados a usá-las e para isso basta alugar uma e escolher o roteiro.

Alimentos que reduzem a insônia

Para a maior parte das pessoas, o ideal é dormir de sete a oito horas por noite, mas, por diversos motivos, nem sempre isso é possível. Uma das causas que impede o sono contínuo é a insônia, um mal que prejudica a saúde física e mental de muitas pessoas. Uma estratégia para driblar essa dificuldade é mudar os hábitos alimentares. Veja abaixo algumas dicas de alimentos:

– Banana

A fruta é rica em triptofano, uma substância que ajuda o organismo a produzir serotonina, que por sua vez é um neurotransmissor que melhora o humor e provoca sensação de bem-estar.

– Laranja

A vitamina C presente nesta fruta auxilia na redução dos níveis de cortisol, um hormônio que está relacionado ao estresse. Dessa forma, ao se alimentar de frutas cítricas, a tendência é que o sono seja mais relaxante.

– Peixe

As carnes magras possuem um aminoácido chamado taurina, que estimula a liberação de neurotransmissores que reduzem o estresse. Essa mesma substância é encontrada em energéticos, ela ajuda a controlar a ansiedade e a tensão.

– Espinafre

Também fonte de taurina, a verdura é rica em ácido fólico, também conhecido como vitamina B9. A substância desempenha um papel de poder antidepressivo colaborando para uma boa noite de sono. Têm o mesmo efeito do espinafre os cereais integrais e outras verduras de folhas verde-escuras.

– Amêndoa

O fruto possui triptofano, um elemento que aumenta a produção dos hormônios ligados ao bem-estar. É rico em zinco, magnésio, cobre e ferro, que são minerais que combatem a insônia e promovem um sono tranquilo.

– Maracujá

Um calmante natural também rico em vitamina C. Uma dica é tomar sucos da fruta durante o dia e à noite fazer uma chá bem quente.

Outras recomendações para casos de insônia:

Jante três horas antes de se deitar e, caso sinta fome, coma um lanche leve. Durante essa refeição também evite alimentos gordurosos, café, bebidas alcoólicas e chocolates.

Inclua arroz, pão integral, leite, nozes e lentilha na alimentação. Esses alimentos também ajudam a reduzir a ansiedade.

Mantenha uma rotina no horário de dormir e acordar, pratique atividades físicas e, finalmente, na hora de dormir, desligue a televisão, computador e celular. Os aparelhos eletrônicos ligados no quarto podem atrapalhar ainda mais o sono.

Dicas para manter a saúde bucal

Ter um sorriso bonito é muito importante já que pode ser considerado seu cartão de visitas.

Para manter uma saúde bucal adequada, separamos 10 dicas:

1. Escovar sempre os dentes ao acordar, depois de cada refeição e antes de dormir;

2. Manter uma alimentação sempre saudável, rica em fibras e com baixo teor de açúcares e carboidratos;

3. O grande risco dos açúcares para os dentes é a freqüência em que eles são ingeridos e não a quantidade;

4. Após as refeições, sempre passar o fio dental e realizar escovações com pasta fluoretada;

5. As escovas devem ser individuais e trocadas com freqüência;

6. O fio dental é indispensável, pois os dentes possuem cinco faces e algumas delas não são alcançadas pelas escovas;

7. Não esquecer de escovar sempre a língua ou utilizar limpadores de língua para remover a “saburra“restos de alimentos e células que deixam a língua com aspecto esbranquiçado/amarelado);

8. Evitar alimentos e bebidas com corantes que possam manchar os dentes e as restaurações de resina;

9. Evitar ingerir refrigerantes e bebidas ácidas, assim como chupar frutas cítricas com muita freqüência. Elas podem causar erosões dentárias e sensibilidade excessiva;

10. Previna problemas odontológicos visitando seu dentista a cada seis meses.

Pior tipo de alimento para o hálito

Você sabe quais são os piores alimentos para o hálito? Doces, carnes e queijos devem ser evitados?

Para saber mais:

Chuveiro sustentável

Um novo chuveiro sustentável desenvolvido na Suécia é capaz de economizar 90% da água e 80% de eletricidade por métodos sustentáveis, além de filtrar a água fornecida para as residências por meio da rede de esgotos. Fora reduzir os preços nas tarifas de água e de energia, o novo sistema permite que as pessoas tomem banhos mais longos sem causar sérios impactos no meio ambiente.

Batizado de , o chuveiro foi inspirado em tecnologias utilizadas por cosmonautas, e, de acordo com seus criadores, ele é capaz de gerar, para as residências, uma economia superior a mil dólares nas tarifas de água e energia. No site da empresa, o internauta pode estimar a economia média oferecida pelo sistema de acordo com a cidade em que vive – no Brasil, estão disponíveis os cálculos para São Paulo, onde o OrbSys traria uma diferença média de cerca de três mil reais ao fim do ano, considerando que quatro banhos de dez minutos são tomados diariamente na residência.

Além de filtrar e bombear a mesma água durante o banho, o sistema armazena a maior parte do aquecimento em seu interior, provocando uma significativa economia de eletricidade. “Com o meu chuveiro, que está em constante reciclagem da água, você só usaria cerca de cinco litros de água por um banho de 10 minutos. Em um banho regular, você iria usar 150 litros de água, 30 vezes mais. É muita economia”, enfatiza Merhdad Mahdjoubi, responsável pelo equipamento.

O novo chuveiro sustentável teve brilhante desempenho durante a fase de testes, em que se constatou que o sistema pode fornecer vazão de até 24 litros por minuto, os quais são reutilizados imediatamente no banho. Vale lembrar, também, que os modelos convencionais possuem vazão média de fluxo de água de 15 litros por minuto – o que faz os usuários do OrbSys tomarem uma ducha mais confortável e sem preocupações com o gasto excessivo do recurso.

O projeto foi apresentado pela primeira vez quando Mahdjoubi ainda estava cursando Desenho Industrial na Universidade de Lund, um dos mais influentes centros acadêmicos da Suécia. O inventor projetou o chuveiro em parceria com o Centro Espacial Johnson da NASA, que, na época, tinha por objetivo difundir novas tecnologias para expedições espaciais. Até agora, o chuveiro sustentável de alto desempenho não é comercializado.

Saúde bucal na gestação

Durante a gestação os dentes e gengivas precisam de cuidados maiores. Durante esse período da vida da mulher, a gengivite pode aparecer devido ao acúmulo de placa bacteriana nos dentes. Para uma higiene adequada, é necessário o uso diário do fio dental, uma alimentação equilibrada e visitas periódicas ao dentista. Essas são dicas que podem reduzir os problemas dentários que acompanham a gestação.