Injeção sem agulha

Vacinas e medicamentos injetáveis, muitas vezes, são necessários para curar certos problemas de saúde. Porém, as agulhas de seringas, além de oferecerem risco de contaminação se não forem bem manipuladas, também não são sustentáveis. A produção de lixo hospitalar é muito grande, e este tipo de resíduo requer cuidados especiais.

Para resolver este problema uma empresa holandesa resolveu produzir o Bioneedle, uma espéciede injeção que não utiliza agulhas. Trata-se de mini-implantes biodegradáveis, que são preenchidos com vacinas termoestabilizadas.

Além das vantagens para o paciente, que não precisa sentir dor, o Bioneedle também traz diversos outros benefícios. Para começar, as doses das vacinas não precisam de ser mantidas frias. Além disso, o material em que são envolvidas é capaz de absorver os fluidos corporais, além de se degradar em minutos, o que torna o processo muito mais sustentável.

Com o uso do Bioneedle, pode-se eliminar a necessidade de bilhões de materiais descartáveis e sujeitos a contaminações, como seringas, agulhas de metal e frascos. O projeto ainda está em fase de desenvolvimento, mas tem tudo para ser um sucesso!

É um regador ou um amaciante?

Hoje em dia, vivemos no eterno dilema: o que fazer com as embalagens usadas de produtos de uso doméstico? A melhor solução, sem dúvida, é a reciclagem. Com um pouco de criatividade, é possível transformar embalagens velhas em itens úteis, com as próprias mãos.

É o caso deste prático regador feito com embalagem de amaciante. Se você tem plantas em casa esta dica é perfeita!

Para fazer em casa, é muito simples. Certifique-se apenas de que a embalagem foi lavada.

Utilizando um fósforo, esquente o alfinete e faça, com ele, vários furinhos na tampa da embalagem. Depois é só encher a embalagem com água, fechar e aproveitar o seu novo regador.

Bioasfalto

Um talentoso e preocupado norte-americano Parajumpers Jacka Kodiak de senvolveu um tipo de asfalto sustentável que pode ser de grande ajuda para quem ainda mora em ruas de terra, já que endurece e alisa estas estradas, melhorando a qualidade de vida de seus usuários. Este inovador produto já tem nome: Bioasfalto.

O Bioasfalto é produzido a partir de uma substância chamada lignina, que confere rigidez às células vegetais e serve de liga em contato com terra e pedras. Ao ser acrescido de água, este material alisa o solo, o torna menos empoeirado, e também é mais resistente à erosão.

Além disso, o bioasfalto é bastante sustentável. A lignina pode ser encontrada em insumos como bagaço de cana e palha de milho. Uma ótima maneira de reaproveitar materiais para criar inovação.

Muito interessante a notícia, não?

Galões Reciclados

A Golden Goose Starland Baratas a rtista plástica Anna Garforth está transformando a reciclagem em arte, de um jeito lúdico e muito divertido. Ela recicla galões usados, transformando as embalagens plásticas em vasos pintados, com personagens simpáticos e bem-humorados.

Usando todo o seu talento em prol da sustentabilidade, ela pinta os galões reaproveitados à mão. E não para por aí. Depois que os criativos vasos estão prontos, a artista distribui seus trabalhos pelas ruas inglesas, ajudando a disseminar o conceito da reciclagem e a importância de se pensar sustentavelmente. Além, é claro, de divertir e encantar o público.

Ideias como esta são essenciais para preservar nosso planeta. Uma mente limpa e ecológica é fundamental para que, no futuro, o ser humano não sofra as conseqüências do desperdício de recursos naturais. Pense nisso.  Faça a sua parte.

Garrafa que purifica a água

Sexta passada foi o dia da água. Uma data para se comemorar. Porém, a água é tão importante que deve ser lembrada todos os dias. Por isso, nosso post hoje é sobre uma garrafinha de água especial: ela purifica a água!

A garrafa tem 750 ml e é feita de plástico, com tampa equipada com luz UV-C e também um cabo USB.  Ela já está disponível no mercado e possui um dispositivo de purificação acoplado. Ao colocar a água dentro da garrafinha, ela será transformada em água potável.

Isso acontece pois a luz UV-C destrói os micróbios que possam haver na água, tornando-a própria para o consumo. Na tampa, existem baterias recarregáveis que podem chegar a executar mais de 80 purificações.

Infelizmente a novidade ainda não chegou ao Brasil. Mas estamos torcendo!

Salve o planeta azul!

Flores Coloridas

Vamos mostrar hoje uma ideia muito legal para quem quer decorar  casa de um jeito diferente e sustentável. Que tal colorir rosas para enfeitar os ambientes?

As rosas arco-íris são coloridas artificialmente, por um método que explora os processos naturais da flor.

Quer aprender a fazer?

Divida o cabo da rosa em partes iguais e mergulhe cada lasca em água adicionada de corantes alimentares de cores variadas, assim, as pétalas se tornam multicoloridas.

Outras flores, como o crisântemo, o cravo, a hortênsia e a orquídea também podem ser artificialmente coloridas.

Algas marinhas como fonte de energia

A Alemanha, sempre ela, acaba de projetar o primeiro prédio do mundo a usar algas marinhas como fonte de energia. As plantas são multifuncionais e também servem para diminuir a temperatura no interior do recinto, dispensando o uso de aparelhos de ar-condicionado.

O prédio tem Parajumper Svart um a fachada ecológica composta por algas e também persianas biorreativas, responsáveis por confinar as plantas e fazer com que elas cresçam mais rapidamente. Este sistema  garante a geração da energia elétrica utilizada dentro da estrutura.

As algas marinhas possuem alto potencial energético e os seu uso não causa danos à natureza. Embora

Batizado de Biarritz, o edifício fica localizado em Hamburgo. Uma bela notícia, não é?

Salve o planeta azul!

Tijolo de bagaço de cana

Sustentabilidade. Esta é a nova palavra de ordem. Sem ela, o planeta corre o sério risco de se degradar continuamente. Para não esgotarmos os recursos da Terra, é preciso pensar em soluções alternativas para resolver antigos problemas, de uma maneira mais sustentável e inofensiva para a natureza.

É o caso desta iniciativa que mostraremos hoje.

Dois estudantes pernambucanos de apenas 17 anos inventaram um tijolo sustentável,  produzido a partir de um ingrediente bem brasileiro: o bagaço da cana de açúcar, além de conter argila vermelha. Este tijolo tem as mesmas qualidades e a mesma durabilidade dos tijolos comuns e pode ser utilizado para os mesmos fins. A única diferença é ser mais sustentável.

Uma das grandes vantagens é que este processo reaproveita os resíduos deixados pelos vendedores de cana-de-açúcar, que podem ser reciclados ao invés de jogados no lixo. Além disso, o tijolo sustentável não agride ao meio-ambiente pois não utiliza terra preta em sua produção. A extração dessa substância polui as águas, e é por isso que a nova versão é tão sustentável.

O tijolo de cana custa menos para ser produzido e possui diversas vantagens. Ainda é apenas uma ideia, mas torcemos para que logo, logo a inovação chegue ao mercado.

Vem aí o dia da água

Está chegando um dia muito importante e especial. Para nós, da Dr.Veit Produtos, e para todos aqueles que se preocupam com a saúde do nosso planeta.

Estamos falando do Dia da Água, que está chegando. Sim, este elemento essencial para a vida na Terra é tão importante que ganhou até um dia para chamar de seu. O Dia da água é 22/03, está chegando!

Apesar de ser tão fundamental para a existência da vida humana, a água pode acabar um dia, devido a má utilização e ao desperdício. Para que não aconteça isso, é preciso fazer nossa parte.

Nós nos preocupamos tanto com a preservação da água de nosso planeta que até criamos o Selo Salve o Planeta Azul, que estampa todos os nossos produtos e é uma forma de lembrar todos os dias sobre a importância de cuidar bem de nossa água, usando-a com sabedoria, sem desperdiçar.

Aguarde. Estamos preparando surpresas…

Terceira Idade e a Sensibilidade nos dentes

Na terceira idade, é preciso ter alguns cuidados especiais com os dentes. Durante esta fase, a pessoa pode apresentar algumas características peculiares, como boca seca, cáries e até mesmo a sensibilidade excessiva nos dentes.

A sensibilidade acontece em todas as idades, mas pode se agravar com a idade. Isso ocorre porque, com o tempo, costuma ocorrer retração gengival, que expõe áreas do dente desprotegidas pelo esmalte dental. Estas áreas podem ficar ainda mais sensíveis e doloridas quando a pessoa ingere alimentos e bebidas muito quentes ou frias.

Nos casos mais graves, a sensibilidade pode se manifestar em contato com o ar frio e também com a ingestão de líquidos doces ou amargos. Nestes casos, é sempre bom consultar o dentista, pois esta sensibilidade pode indicar a existência de outros problemas, como uma cárie ou um dente quebrado.

Para ter cuidados bucais excelentes, na terceira idade ou em qualquer momento da vida, use sempre produtos de qualidade. Escolha a linha Dr.Veit Produtos.